22 outubro 2011

Satisfação

Depois de 3 anos lutando pelo acesso na Série B, a 4ª força da cidade de São Paulo está de volta à elite nacional (eu falei cidade). 

Com apenas 3 derrotas durante todo o campeonato, a Portuguesa foi extremamente superior aos adversários durante toda a competição e garante o acesso com 6 rodadas de antecedência. A Lusa volta mais forte que no último acesso, no qual possuía uma equipe "normal".

A equipe de hoje demonstra ter algo diferente, algo a mais. Não existe aquele jogador que faz a diferença. O que existe é um conjunto, um belo toque de bola, uma fortíssima equipe montada pelo técnico Jorginho. O apelido "Barcelusa", obviamente, é forçado, mas não foi dado à toa.

Jorginho finalmente conseguiu um bom resultado, causando dor de cotovelo à diretoria do Palmeiras, que o tirou do comando da equipe quando o time era líder absoluto no Brasileirão 2009. Chegou Muricy, sobrou nome, faltou brilhantismo, o titulo foi por água abaixo e o Porco não chegou nem à Libertadores do ano seguinte.

Se fizer um bom Campeonato Paulista, o treinador certamente receberá propostas dos principais times brasileiros em 2012. Seu trabalho, enfim, começa a ser reconhecido.

Se mantiver a base, fazendo contratações cirúrgicas e não vender seus principais jogadores ao primeiro grupo de investidores que aparecer, a Lusa não estará na Série A para voltar a descer. Afinal, com esse futebol que vem sendo mostrado, a equipe estaria na frente de muitas no Brasileirão 2011.

Para voltar a ser um dos grandes do Brasil, ainda existem muitos passos a serem dados. É preciso se manter firme na Série A durante cerca de três anos, tentando ter sorte em uma Copa do Brasil, por exemplo.

O planejamento para o ano de 2012 deve começar a ser feito desde já, pois com uma boa administração a longo/médio prazo, os resultados aparecem como consequência. E é disso que a torcida anda precisando, afinal, vem sofrendo muito com sua equipe neste século. O acesso é a esperança de uma nova era no Canindé.

A Portuguesa não tem arquirrival, não é odiada. Pelo contrário, tem a simpatia de toda a população paulista, muito por causa sua bela história, rica em tradição. Sua volta faz bem ao futebol brasileiro.

A torcida está radiante, o futebol paulista está feliz e o brasileiro satisfeito. Seja bem-vinda mais uma vez Lusa! Que dessa vez seja para ficar. Satisfação em vê-la de volta.

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir