27 maio 2013

Vai, moleque!

Você tem 21 anos e já construiu uma história que se terminasse hoje, daria um longa-metragem de 3 horas.

Você surgiu e trouxe seu time de volta às glórias.

Você levou seu Santos nas costas e ganhou uma Libertadores sozinho.

Agora você tem a obrigação de carregar, também sozinho, a seleção mais importante do mundo. E se não o faz, é vaiado. Por quê? Por implicância! Por quê? Porque você é diferenciado.

Pois o erro de quem está acostumado a errar, passa batido. O seu não.

Seus feitos, Neymar, são banalizados. É comum você fazer coisas sensacionais, todos estão habituados. Por isso, o implicante invejoso vai lhe insultar se tiver um mísero motivo. E se não tiver, vai falar do seu cabelo, te chamar de marrento e até desrespeitar a Marquezine.

Normal. Ele queria estar no seu lugar, que pouquíssimos alcançam. Você causa inveja pelo simples fato de ser extraordinário.

Por isso, vá!

Aqui, você está sendo xingado a cada chute pra fora. Lá, vão lhe aplaudir a cada vez que amarrar o cadarço.

Aqui, você joga sozinho no esquema 9-0-1 do Muricy. Lá, você vai jogar com o melhor do mundo.

Lá, você não terá pressão. Não agora.

Lá, você pode ser a figura da redenção de um time que muitos dizem ter "acabado".

Você ainda não é melhor que Messi e Cristiano Ronaldo. Mas se existe a comparação, é porque você é diferente.

E se é preciso ir pra Europa para ganhar o Mundo, vá.

Você é a cara do futebol brasileiro, mesmo que a sociedade não aceite.

Então leve a melhor parte do nosso futebol pra lá.

Ganhe o mundo! Nos dê o mundo!

O Neymar do Santos e o Santos de Neymar entram para a história.

O Barça de Messi chega ao fim.

Surge o Barcelona de Messi... e Neymar!

@_LeoLealC

2 comentários:

  1. Falou bonito! amei a postagem de hoje, de verdade!

    ResponderExcluir
  2. Falou bem pra caralho, vc é o cara!
    Abs
    Mc Kiko

    ResponderExcluir